Histórico
Em novembro de 1994, o navio mercante “Trade Daring” estava em operação de carregamento de minérios de ferro e manganês no Píer I da Ponta da Madeira.

Sinistro
O navio sofreu um acidente em seu ancoradouro durante o carregamento, fazendo com que o casco partisse ao meio (foto ao lado).

Solução
Durante mais de 30 dias foram usadas bombas de sucção, dragas e mergulhadores para retirada da carga e do navio do píer. Com o auxílio natural da maré, fez-se o corte por fadiga das duas seções do navio exatamente na rótula, liberando então as duas seções para reboque e desobstrução do píer.

Conseqüência
A Autoridade Marítima Brasileira implementou a NORMAM 04, aumentando consideravelmente as condições de segurança e proteção ao meio ambiente em águas nacionais.

Colaboração RBNA
Os engenheiros da empresa de consultoria do RBNA auxiliaram o armador nos cálculos e determinação dos procedimentos para o salvamento do navio.

.